07/08/2015

Fanfic: Black Cat - 4º capítulo (It's not your fault)

Hi cherries!
Bom dia! Tudo bem com vocês? Como esta sendo a Sexta-feira de vocês? A minha esta sendo boa. Hoje eu pretendia trazer um texto novo, mas daí eu decidi trazer hoje mesmo, e acelerar um pouquinho. E antes de lerem esse capítulo, leiam esse: ♥♥♥. E vou avisando para prepararem os fells o/. Vamos ver?


Quando eu consegui voltar à realidade, era Tyler, ele havia atropelado o Topázio. Ele assinava uns papeis, provavelmente era para pagar tudo. Eu só pensava em Topázio, 60% de mim sabia que ele não iria sobreviver, mas 40% de mim achava que ele iria sobreviver. Eu sentia o seu coração na parte direita do meu peito, e parecia fraco, muito fraco. Eu só sentia bater de 10 em 10 segundos. Eu senti um nó grosso na minha garganta, e meus olhos ferverem. Algumas lágrimas desabaram, e consegui conter o resto. Tyler voltou, e se sentou ao meu lado. E perguntou:
- Você esta bem?
- Eu acho... Que... Sim?
- Isso é uma pergunta ou uma resposta?
Eu ri baixinho.
- Acho que os dois.
- Você... Não estava brava comigo?
- Não, foi um acidente. Topázio que escolheu.
- O que é isso?
Ele passou os dedos sobre o entalhe de flor-de-lis.
- Eu... Eu não sei. Depois que eu recebi isso, ele simplesmente se jogou na frente do seu carro.
- Você já abriu?
- Não, vou abrir em casa.
- Ata, mas seja lá quem tiver esculpido isso, ficou incrível! Quem te deu isso?
- Ela não falou o nome. Mas me convidou para sua festa de aniversário, Sábado. A gente vai conversar melhor lá.
- Você confiou em alguém que nem falou o próprio nome?
- Eu não confiei, ela recebeu isso de um cara a qual pediu para ela me ligar e entregar isso.
- Como tinham o seu número?
Eu fitei os seus olhos, confusa. Fiquei um tempo pensando.
- Eu não sei. – falei num tom baixo.
- Você esta com medo?
- Mais ou menos, agora que você falou... Eu não tinha parado para pensar nisso.
- É por isso que somos amigos, Sarah.
- É, acho que sim.
- Você não se considera minha amiga?
- O que? Sim, sim. É que, acho que não é por isso que somos amigos.
- Ambos temos segredos, somos ingênuos, etc.
- Eu não sou ingênua. – falei rindo.
- Eu sei.
Ele me abraçou, e sussurrou:
- Ele vai ficar bem, Sarah.
- Eu sei, Tyler.
Ele me soltou do abraçou, e me deu o seu sorriso de sempre. Eu senti o meu coração acelerar, enquanto o de Topázio que eu sentia, ficava cada vez mais fraco.
Eu acho que dormi no ombro de Tyler, pois quando eu acordei era 21:30. Perguntei esfregando os olhos:
- O que aconteceu?
- Nada, a veterinária preferiu esperar que você acordasse.
Em seguida ela veio na minha direção, tocou o meu ombro.
- Eu sinto muito, seu gato faleceu. – falou a doutora calmamente.
Eu não sentia mais nada, apenas o toque de Tyler no meu pulso, e ouvia os soluços dele. Eu não conseguia chorar, apenas sentia que algo havia quebrado, mas poderia ser concertado, em breve.
- Eu... Eu...
- Não precisa dizer nada, moça.
Eu apenas a olhei e a observei se afastar, e voltei os olhos para Tyler.
- Eu sinto muito, Sarah! Se eu tivesse saído minutos depois, isso não deveria ter acontecido.
- Se não fosse você, seria outra pessoa, não se culpe.
- Como não? Agora você vai me odiar! Para sempre!
- Eu não estou brava, irritada, ou triste com você; pare de se culpar.
- Ele era importante para você. – ele soluçou e enxugou uma lágrima – Olha, eu não posso te dar nada em troca.
- Eu sei que não, mas eu não estou brava com você.
- Eu sei, mas eu estou comigo mesmo.
- Já chega! – gritei – para de se culpar! Eu já falei que não foi culpa sua! Vamos ir comer alguma coisa.
O telefone dele tocou.
- É a minha mãe, eu preciso atender.
- Eu vou voltar para casa, eu posso ir a pé. 
- Eu quero te levar, sério, é rápido.
- Não. – falei calmamente
Eu lhe dei um beijo na bochecha, e prossegui:
- Eu vou ir caminhando.
- Mas e se...
- Se nada, eu vou ficar bem, tchau.
- Tchau...
Eu sentia a tristeza e a culpa pela morte do meu gato preto de olhos amarelo-topázio. A minha presença perto de Tyler só iria piorar as coisas para ele, eu o deixaria mais chateado consigo mesmo. A única luz que eu tinha, era a pouca dos meus olhos azuis quando refletia em alguma janela, ou a luz fraca de postes em manutenção. Eu levei 30 minutos para chegar em casa, e fui correndo tomar banho. Fazia alguns dias que eu não tomava banho, e eu já sentia o meu cabelo extremamente oleoso. Fiquei uns 25 minutos no banho, eu sequei o meu cabelo com o secador, o penteei e fiquei acariciando as pontas, sorrindo. Mesmo descuidado, o meu cabelo estava bonito, depois de lavado, claro. Eu vesti o meu pijama com uma blusa de âncora, e um short preto com uns desenhos brancos indistinguíveis por mim, e pintei as minhas unhas de verde, e me aninhei na minha cama quentinha.
Eu acordei com um arranhado na minha panturrilha. Topázio? Topázio!  - pensei, confusa. Eu olhei para todos os lados, e não via nada. Nem um brilho de um par de olhos amarelo-topázio eu via. E ouvi um miado vindo da cozinha. Peguei um guarda-chuva, e fui em direção a cozinha. Alguns pratos estavam espalhados no chão, e um gato, o meu Topázio estava sentado, com a cola balançando como um chicote. Eu deixei o guarda-chuva cair da minha mão, e eu chorei.
- Topázio!
Continua...

Pijama da Sarah: ♥♥♥. Kisses candy o/.

6 comentários:

  1. Oi! A minha sexta-feira está sendo bem normal ç.ç Posso fazer uma pergunta? Porque suas fanfics são sempre legais? Ou emocionantes? Eu amei <33 Beijo!

    nevasca de inverno ✻

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii o/. A minha também... Não sei XD. Eu fico feliz que tenha gostado ♥.
      Kisses candy ♥

      Excluir
  2. Ta muuito bom a fanfic,to amando,quero ver logo o proximo capitulo,ansiosa,e eu amei o nome do gatinho ♥♥♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fico feliz que tenha gostado ♥.
      Kisses candy ♥

      Excluir
  3. Meu Deus!!Topázio.....Nate amando viu?Esperando pela continuação :)
    Beijos
    http://spookywookie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fico feliz que tenha gostado ♥.
      Kisses candy ♥

      Excluir

♥ Não falar palavrões
♥ De sua opinião, porém seja educado
♥ Se não gostar de algo e acha que deve melhorar, fale, mas educadamente
♥ Não ofender as postadoras
♥ Troco comentários
♥ Antes de pedir algo, fale sobre o post ou seu comentário será ignorado
♥ Aceito: ¨Seguindo, segue de volta?¨
♥ Não me peça para D-I-V-U-L-G-A-R algo a qual eu não estou participando, se caso eu gostar de algo no seu blog, eu irei divulgar por vontade minha.